Ludicidade da memória - Ponto de memória





O CIESPI/PUC-Rio tornou-se um Ponto de Memória em 2012 através do EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N° 9, de 13 DE OUTUBRO DE 2011 PRÊMIO PONTOS DE MEMÓRIA 2011. A partir de então, passou a desenvolver a linha de ação e pesquisa intitulada “Ludicidade da memória”. Ao longo dos anos, desenvolve diferentes atividades que promovem um diálogo permanente entre a memória e a ludicidade. A opção pela montagem de exposições tem sido o principal canal para a interação com o público, abordando diferentes temas. A participação na Rede de Pontos de Memória e na Rede de Museologia Social tem sido permanente.


Visite o blog!


Nos anos de 2019-2018, o projeto Ludicidade da Memória esteve em especial conexão com o projeto Rocinha Lúdica através da edição de quatro vídeos – Arautos Brincantes, Calangos Brincantes, Águas e militância política na Rocinha - e da criação do Estandarte “Siga o Sankofa”.


Destaca-se, também, como importante linha de ação, a periódica montagem de exposições interativas, onde são expostos e manuseados suportes de memória de características audiovisual e brincante. Em 2020, as exposições foram suspensas e se encontram em processo de redimensionamento virtual.


As realizações desse projeto contribuem com o enriquecimento do acervo do Museu Sankofa: Memória e História da Rocinha


Produções colaborativas


Participações e parcerias


Equipe


Coordenação: Irene Rizzini - PUC-Rio/DSS; CIESPI/PUC-Rio
Coordenação executiva: Maria Cristina Bó - CIESPI/PUC-Rio
Pesquisa / Articulação comunitária
Nathercia Lacerda - CIESPI/PUC-Rio
Antônio Carlos Firmino – CIESPI/PUC-Rio


Histórico


O projeto Ludicidade da Memória: práticas museais no Horto e na Rocinha objetiva compartilhar o percurso realizado pelo CIESPI através dos projetos Rede Brincar e Aprender e Centro de Cultura e Educação Lúdica da Rocinha, desenvolvidos em parceria com pessoas e instituições de quatro comunidades de baixa renda do Rio de Janeiro – Rocinha, Horto, Santa Marta e Mangueira de Botafogo. Destacamos que na Rocinha e no Horto as ações ligadas a brinquedotecas comunitárias desencadearam práticas museais que deram suporte para a criação do Museu Sankofa e do Museu do Horto. A intenção é valorizar um processo que vem aglutinando pessoas, histórias, práticas colaborativas e memórias que propiciaram a criação de um acervo de brinquedos, imagens, depoimentos e relatórios construídos na convivência com grupos locais.


Ações 2021


Ações 2020


Ações 2017


Ações 2012 a 2016